domingo, 13 de setembro de 2009

20 Flávia espera por justiça !

Há mais de 16 anos o Brasil testemunhou um drama que parecia coisa de novela: a atriz e bailarina Daniella Perez de apenas 22 anos,foi assassinada.A justiça ? nunca foi feita em minha opnião..
Dany partiu feito um pequeno pássaro,em um vôo livre ao céu,deixando muita saudade pra quem ficou.. foi embora sem poder dizer adeus.. deixou um pai apaixonado e cheio de saudade,ele sofreu ,e não aguentou a dor,morreu dois anos após a partida da filha.Deixou dois irmãos a chorar,e sentir saudades de um tempo que não volta mais.. o mais novo,Rafael,portador de uma rara síndrome,morreu tempos depois.Dany deixou ainda um marido apaixonado que não tece oportunidade de realizar com ela os sonhos e os projetos que os dois tinham juntos,como o filho que ele tanto sonhou,e nunca nasceu.. Deixou aqui uma mãe linda,que vocês conhecem bem,Glória Perez deu um exemplo de força e luta,garra,superação,amor e fé.. A justiça literalmente deu de ombros ao caso da Dany,fez meia ou quase nenhuma justiça,e deixou por isso mesmo.
Dói ver que ainda depois de todo o drama,o descaso da justiça ainda exista,ela ainda deixe por menos casos que tanto precisam de atenção,como o caso da pequena Flávia Souza,que vocês vão conhecer um pouco mais sobre a história dela agora.. alguns já notaram o videozinho dela na nossa barra lateral,e quem quiser,por favor,cole em seu blog tambem !
A materia a seguir foi publicada por Lídia Soares do jornal português noticias da manhã:

"FLAVIA EM COMA E O PREÇO DE UMA VIDA

“Quem não castiga o mal ordena que ele se faça.”
(Leonardo da Vinci)

Foi já há muito, muito tempo, que Flavia deixou de ser uma criança como muitas outras da sua idade. Tinha 10 anos, mas o ralo de uma piscina, no condomínio em que vivia com a sua mãe e o seu irmão, sugou-lhe os cabelos e todas as oportunidades de uma vida normal. Num coma irreversível que se vai prolongando ano após ano, Flavia viu, sem ver, passar as fases mais belas da sua vida, desde a adolescência à idade adulta, numa sequência de estações que não distingue a não ser através dos aromas subtilmente espalhados no quarto ao som de uma música que vai recordando nostalgicamente o seu paraíso perdido.


Onze anos de coma vigil não é coisa pouca e não fora a sua mãe, em presença constante, e Flavia nem se aperceberia que existem afectos dos quais não tem uma dimensão clara, mas que provavelmente confortam esse silêncio que se segue ao esquecimento da vida que fora antes.

Mas, para além da penumbra que se abateu sobre Flavia, acenando de forma irreversível a impossibilidade de viver uma vida normal, há a presença de uma mãe que acompanha e interroga, que não se resigna que a justiça possa ter tantas leituras.

Deveria ficar impune a empresa Jacuzzi, que, descurando as normas de segurança, instalou (e provavelmente continuará a instalar) ralos perigosos que sugam vidas em momentos de prazer e abandono?

Há 11 anos que Odele, mãe de Flavia, lança o seu grito pelos quatro cantos do Mundo. Há 11 anos que uma multidão virtual vai seguindo Odele e que os
media se interrogam sobre o fenômeno que agita os paladinos da paz que seguem esta mulher valente, tão acompanhada e, ao mesmo tempo, tão sozinha.

Foram precisos 10 anos para que o caso de Flavia fosse reapreciado pelo Superior Tribunal de Justiça de Brasília o que veio a acontecer no passado dia 3 de Março. Numa altura em que as vozes ecoavam pelos quatro cantos do Mundo, não havia mais como fugir à sigilosa indiferença que se pretendia impor no ceifar duma vida.

Mas, apesar das rectificações feitas às premissas vergonhosas com que se pretendia silenciar a dor sem remédio de uma vida interrompida no seu curso normal, a empresa Jacuzzi continuou a ser ilibada. Com umas pinceladas mais rigorosas sobre a Companhia de Seguros AGF e o Condomínio Jardim da Juriti, fez-se uma meia justiça, que deixou em Odele um travo amargo por haver, entre os homens, poderes que apagam actos e actos que continuam a acontecer a coberto desses mesmos poderes.


O inconformismo de Odele logo se propagou entre os seus inúmeros apoiantes que lhe lembraram o Tribunal Internacional de Justiça, criado pelas Nações Unidas em 1945, e actualmente sedeado em Haia, no Palácio da Paz, e que tem por finalidade deliberar sobre disputas a ele submetidas por Estados e dar conselhos sobre assuntos legais a ele submetidos pela Assembleia Geral das Nações Unidas.

Particularmente, desconheço se este Tribunal tem condições para inverter o processo. Porém, e ainda que as não tenha, o caminhar na sua direcção é tornar mais forte este clamor universal duma Flavia que representa todos os que, no Mundo, não têm voz e se tornam presas fáceis dos gigantes empresariais, que ganham poderio indiferentes aos mais fracos, que vão pisando na procura frenética de atingir rapidamente o pedestal da riqueza e da fama.

Flavia não é apenas Flavia, mas todas as crianças que representa e que, um pouco por todo o Mundo, perdem a vida quando, despreocupadamente, nadam em piscinas de ralos assassinos.

Que da memória dos homens se não apague as vidas dos inocentes que vão sendo perdidas. Que cada pessoa sinta como sua esta dor mais forte que a dor da vida porque de um filho se trata. E que, em última instância, seja reconhecida a razão duma luta que deve prosseguir para que conservemos a nossa capacidade de nos indignarmos e com ela a dignidade humana que deve estar presente.

Lídia Soares

Odele Souza,mãe de Flávia,nunca desistiu da vitória da filha.. uma guerreira que merece nossos aplausos.. mãe guerreira,forte,de um amor incalculável.. sua luta não será em vão mamãe Odele ! sua recompensa virá do papai do céu..! Flávia,já aprendi a amar você,e desejo que seja feita a vontade daquele que sabe o que faz..

um forte abraço as duas,

Jéssica Carollyne Medina

20 comentários:

Jéh - disse...

Dói saber que que tudo continua como sempre foi.. injustiças,saudade,por todos os lados.. a mãe de Flávia tambem é invadida pela saudade,afinal,ela não tem mais a mesma Flávia de antes.. ainda que ela esteja viva,Odele concerteza sente saudadee da filha alegre animada de antes.. é de cortar o coração,o que sinto não sei dizer.. um vazio me invade a alma ao ler esse caso..

Aline Paschoal disse...

Nossa,que história mais triste meu Deus ! como alguém pode estar há 11 anos em coma ? e essa mãe,que linda,que forte.. não conheço,mais já admiro muito.. nem fazia idéia de uma coiisa tão triste.. que lindo de sua parte amiga,apesar do blog ser da Daniella,vc colocar a história da Flávia aqui tambem..

Jéh - disse...

Pois é Aline,a história da Flávia mexe muito comigo.. e coloquei aqui porque além dos usuários do blogger,temos visitantes do terra,e do my space,como vc,que deixam comentários,e quero ajudar a divulgar a história da Flávia,para de alguma forma,alertar as pessoas sobre o perigo de uma simples piscina.. aparentemente inofensiva..

Beatriz Souza disse...

Que criança linda gente ! já estou apaixonada pela Flávia Jéh ! que lindo mesmo,concordo com a Aline,lindo vc ter postado aqui no blog da Dany.. vc é sensacional,e eu sinto muito orgulho de ser sua amiga...

Jéh - disse...

Bia,ela é linda mesmo,e eu tbm já sou apaixonada por ela ! e vcs não tem nada que me parabenizar por isso,a história da Flávia merece toda a divulgação possível.. merece justiça.. tbm amo ser sua amiga lindinha !

Jéssica Campos disse...

Oi amiga,que bom encontrar vc aki no blogger ! sou sua amiga no terra lembra ? olha,a história da Flávia tbm mexeu muito comigo,estou estarrecida,11 anos em coma,meu Deus,fico a imaginar a dor da mãe.. só Deus mesmo né amiga ? um forte abraço..

Giovanne Santos disse...

Eu não entendo como a justiça não é feita num caso assim.. é de arrepiar a alma mesmo.. o modo como vc iniciou o post,falando da Daniella,tbm é de emocionar Jéh.. um grande abraço..

Henrique Dias disse...

Que triste ! muito triste essa historia,não posso imaginar uma coisa dessas.. sou pai,tenho uma menina tambem e fico a pensar nela.. forças a mãe da Flávia.

Jéh - disse...

Jéssica,claro que me lembro de vc meu anjo,estou sumidinha lá do terra mais nem tanto né ? rsrs.. essa história é forte mesmo,quando a conheci,não dormi a noite.. de verdade mesmo.A Priscylla tava comigo,e viu,eu não conseguia dormir de jeito nenhum.. 11 anos,ela perdeu coisas que so passam uma vez em nossas vidas,como aniversário de 15 anos por exemplo.. tiraram da Flávia o direito de sonhar,de ter o futuro que ela escolhesse..

Jéh - disse...

Giovanne e Henrique,obrigada por estarem aqui ! ALIÁS,QUERO AGRADECER A TODOS OS AMIGOS DO TERRA,QUE ESTÃO VISITANDO O MEU BLOG E O DA DANY,COMENTANDO SEMPRE..MUITO OBRIGADA MESMO,É UMA PENA QUE VCS NÃO POSSAM SER SEGUIDORES.. VOU ESPERAR VCS FAZEREM UM BLOG AQUI NO BLOGGER OK ? ABRAÇOS A TODOS..

Paulo disse...

Meu Deus,que história ! dói mesmo é saber que nada podemos fazer.. nada trará a menina de volta a sua vida normal.. e a mãe,o irmão,os amigos,como ficam ? nessas horas tenho vergonha desse país..

Pedro Victor -Terra disse...

Muito triste essa caso,força a mãe da Flávia.. que seja o que Deus quiser né ?

Isa disse...

Nossa,to chocada Carol ! não tinha idéia de um perigo tão grande em uma piscina !

Isadora Cardoso - Terra disse...

Tambem to besta com isso.. já tinha ouvido falar alguma coisa assim,mais desse tipo,11 anos em coma,é a primeira vez...

Amanda disse...

O MUNDO ESTÁ PRECISANDO DE DEUS MESMO.. QUE CORTANTE ESSE DRAMA..

Paty disse...

MEU DEUS,TBM NÃO FAZIA NOÇÃO QUE ISSO EXISTIA.. CAROL,QUE BOM QUE VC COLOCOU AQUI PRA GENTE,PORQUE TEM MUITA GENTE QUE NÃO SABE,TIPO EU,QUE NÃO SABIA E TAL,E É MUITO LEGAL.. MESMO QUE O BLOG SEJA DA DANY,COMO ALGUNS FALARAM ACIMA..

Pri disse...

Carol,já conhecia a história,desde aquele dia com vc,mais li de novo,e chorei de novo.. é triste demais quando não há uma esperança,uma porta que se abra..

e vc postou aqui na Dani,que lindo de sua parte..

Justiça para Daniella disse...

AGRADEÇO DE CORAÇÃO A TODOS VOCÊS,PRINCIPALMENTE OS USUÁRIOS TERRA ! FICO FELIZ QUE O BLOG DA DANY ESTEJA SENDO BEM VISITADO ASSIM.. POR ISSO POSTEI A HISTÓRIA DA FLÁVIA,PRA VOCÊS CONHECEREM O DRAMA DA ODELE,MÃE DELA,E DIVULGAREM COMO PUDEREM,ESSA É A VONTADE DELA..

Claudinha disse...

Nossa,que menina linda é a Flávia,e que triste seu drama ! sinto tanto por ela ! um absurdo o descaso da justiça.. que lindo vc ter postado aqui na Dani Jéh.. que lindo,vc merece os nossos aplausos,é sensível,é dedicada,preocupada,és tudo de bom.. ter vc como amiga é uma dádiva..

Jéh - disse...

Ter vc como amiga,que é tudo de bom minha pequenininha ! tão novinha e já tão sensível e delicada..